Semana 3

Ciências e técnicas que fundamentam a Ciência da Informação

A informação como eixo central

Texto 4: PINHEIRO, Lena Vania Ribeiro. Prefácio, In: PINHEIRO, Lena V. R.; GONZÁLEZ DE GOMEZ, M. N. Interdiscursos da Ciência da Informação: arte, museu e imagem. Rio de Janeiro; Brasília: Ibict/DEP/DDI, 2000. p. 7-14. Disponível em: < http://livroaberto.ibict.br/handle/1/443 >.

Texto 5. Blattmann e Fragoso. O Zapear na informação. p.13-26. Disponível em: < http://informar.wikidot.com/local--files/semana-3/fragoso_blattmann.pdf >.

Texto 6. Blattmann, Rados e Fragoso.Bibliotecários na sociedade da informação: mudança de rótulos, funções ou habilidades? Disponível em: < http://informar.wikidot.com/local--files/semana-3/blattmann_rados_fragoso.pdf >

CAPURRO, R.; HJØRLAND, B. O conceito de Informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.12, n.1, p.148-207, jan./abr. 2007. Disponível em: < http://bogliolo.eci.ufmg.br/downloads/CAPURRO.pdf >
- Como definir um termo científico?
- Quais são os seis elementos da teoria matemática da comunicação e informação apresentada por Shannon?
- O que é o fluxo da informação?

Conheça Claude Shannon http://tecnologia.terra.com.br/claude-shannon-pai-da-teoria-da-informacao-nascia-ha-97-anos,8121c08e6e65e310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

Dica da aula: na dúvida sempre consulte uma obra de referência!

Aulete : http://www.aulete.com.br/

Dicionário Online de Português : http://www.dicio.com.br/

Michaelis: http://michaelis.uol.com.br/busca?id=mbAK

Merriam Webster https://www.merriam-webster.com Information Information Science 1955

Priberam https://www.priberam.pt/dlpo/consultar.aspx

Ou em Glossários http://www.fci.unb.br/index.php/glossario.html

Use sempre fontes especializadas da área.

ARQUIVO NACIONAL (BRASIL). Dicionário brasileiro de terminologia arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005. 230p. Disponível em: < http://www.arquivonacional.gov.br/Media/Dicion%20Term%20Arquiv.pdf >. Acesso em 25 ago. 2016. (Atenção: você pode consultar material impresso na BSCED UFSC 4 ex. BC, 1 ex. CED)

CUNHA, Murilo Bastos da; CAVALCANTI, Cordélia R. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2008. (7 exemplares na Biblioteca Setorial do CED: 030.2:02 C972d).

O Glossário de Documentos Arquivísticos Digitais elaborado pela Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos(CTDE) do Conarq apresenta os termos de tecnologia da informação na perspectiva arquivística.

Baixe o documento através do link:http://bit.ly/GlossarioCTDE - http://www.conarq.arquivonacional.gov.br/images/ctde/Glossario/2014ctdeglossario_v6_public.pdf

Vídeos: Entrevista com José Santarém 1 e 2

Exercício: localizar revistas da área e uso da BRAPCI http://www.brapci.ufpr.br/brapci/index.php

Arquivologia, Biblioteconomia, Museologia e áreas afins

Texto 7: ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Condições Teóricas Para a Integração Epistemológica da Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia na Ciência da Informação.
Texto 8: SMIT, Johana; TÁLAMO; KOBASHI. A determinação do campo científico da Ciência da Informação: uma abordagem terminológica. DataGramaZero, v. 5, n. 1, fev. 2004. Disponível em: <http://www.dgz.org.br/fev04/Art_03.htm >. Acesso em 18 fev. 2016.

Laboratório de informática

Exercícios na Classificação Brasileira de Ocupações http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/downloads.jsf

Veja o esquema sobre o Mapa do conhecimento a respeito da Ciência da Informação http://www.success.co.il/is/ismap.pdf

Introdução à Ciência da Informação http://www.zapmeta.ws/wiki/page/Information_science

Recomendação de leituras
Thomas Davenport Ecologia da Informação 1997 https://issuu.com/lucianamonteblanco/docs/thomas_h_davenport_ecologia_da_informacao
p. 18 O que é a informação, afinal de contas?
p. 150 informação significativa
p. 152 Exatidão , oportunidade (atual), acessibilidade, envolvimento (útil), aplicabilidade, escassez
p. 200 Arquitetura da informação
p. 211 Mapa de tipos de recursos informacionais

PRESSER, N. H.; SOUZA, E. D. DE. Comportamento Informacional em Ambientes Organizacionais: Abordagem de Estudo do Contexto Social. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 13. Anais… , 2012. Rio de Janeiro: FIOCRUZ - ICICT.

Presser e Souza (2012, p. 5) afirmam que
De modo geral, o contexto corresponde ao universo de referência em que se desenvolvem a necessidade, busca, provisão e uso de informação, que compõem o comportamento informacional. Os elementos que o constituem moldam o comportamento informacional, incentivando ou inibindo a ação do sujeito.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License